Uma das promessas do pop brasileiro TOLENTINO une-se a artista novaiorquina Vérité e entrega nesta sexta-feira (9 de abril) o seu primeiro single de 2021, “Aqui”.

Vérité é um dos nomes mais notáveis da cena indie internacional da década passada, com repertório que varia de covers com sonoridade impressionante como “Somebody Else”, até com seu álbum de estúdio lançado em 2019, new skin, que ultrapassa as nuances de apenas um gênero de forma suave e poderosa. Além disso, buscando sempre estar um passo a frente em sua arte, Vérité é uma das artistas pop pioneiras no mundo dos  NFTs.

Toda a potência da estadunidense encontrou-se com a voz e criatividade de TOLENTINO, nome que vem ganhando maior expressividade na cena pop brasileira em cada lançamento. TOLENTINO tem apenas 22 anos e divulga suas musicas desde 2018 nas plataformas digitais. Em 2019, dois singles do artista chamavam a atenção do público pela mistura de referências sonoras e letras que geravam identificação fácil com o público jovem nas músicas “caso perdido” e “nunca tive”. Em seu primeiro EP caos de 2020 trouxe seu universo de forma mais completa, com uma voz deliciosa e batidas hipnotizantes, como em “vultures”. O artista é como um elo perdido entre Lorde, FKA Twigs e Grimes.

Sobre o single “Aqui”

A colaboração nasceu durante a pandemia e a música foi escrita ao longo de e-mails trocados entre os dois artistas. “Já faz meia década que eu sou fascinado pela voz da Vérité e por tudo que ela escreve. Logo que começamos a conversar, percebemos uma devoção mútua pela honestidade  nas letras e ‘Aqui’, dentre as ideias de faixas que mandei pra ela, foi a mais certeira”,  conta o cantor paulista. “É sobre tentar superar um término trocando o desejo pela raiva”. A gravação também foi feita à distância, no home studio de cada um. A produção de “Aqui” foi feita pelo Rodrigo Kills, do duo Cyberkills.

Nesse single, TOLENTINO traz na sua arte as angústias que o jovem experiencia em seus relacionamentos. O sentimentalismo derramado em cada verso solidificado pelo fluxo de pensamentos do artista traz o medo de dizer verdadeiramente o que se sente, o conflito entre a honestidade para com você mesmo e o respeito ao sentimento diferente da outra parte. Por ter essa capacidade de capturar o que está no íntimo de sua geração é o que transforma sua música em algo tão excitante.

A voz doce de Vérité adicionada a sombria melodia e tormenta do eu lírico complementa com doçura as agonias do amor. A parte da melodia em inglês amplia os horizontes do artista brasileiro para conquistar novos ouvintes.

Ouça “Aqui” no Spotify!