HOT HOT | 15 faixas que você precisa ouvir para começar 2022

Já deu o play em 2022 aí? Então o ROCKNBOLD te entrega 15 faixas novinhas que vão deixar seus primeiros dias do ano ainda melhores! Confira:

“The Hollywood Machine” de Moon Walker, para fãs de rock

Donos de um som único, inspirado no rock e soul vintage dos anos 80, os norte-americanos do Moon Walker estão de volta com “The Hollywood Machine“. Lançado em dezembro, o single é o primeiro trabalho do duo desde o primeiro e ótimo álbum “Truth to Power“, e está chamando atenção pelo som forte, sensual e autêntico que promete agradar – e muito – os fãs de clássicos. Não deixe de ouvir:

“Brand New World” de MOX, para fãs de rock

Brasileira e dona de uma voz poderosa, MOX emenda melancolia e poder na ótima “Brand New World“, canção que conquista o ouvinte pelo seu começo lento que logo evolui para um som intenso conforme os riffs conduzem a voz da cantora. O resultado é uma canção completa, profissional e energética que promete agradar principalmente fãs de pop rock, além do carisma e influência emo. Não deixe de ouvir:

“AIRE” de Foco de Atelier, para fãs de rock

Para quem busca um rock energético, latino e autêntico, os mexicanos do Foco de Atelier entregam sintetizadores, influência do pop punk e heavy rock na dançante “AIRE“, tudo isso regado ao calor único e autêntico da força do rock latino. O resultado é uma canção bastante única e cheia de energia, que promete deixar o seu dia e a sua playlist ainda mais completa. Não deixe de ouvir:

“Chase The Sun” de Disco Robot, para fãs de pop

Dono de um som leve e descontraído, Disco Robot entrega um som praiano, divertido e dançante em “Chase The Sun“, um verdadeiro hit embalado por instrumental simples, porém completo, criando uma atmosfera energética e amigável para um fim de semana na praia com os amigos. O instrumental ainda destaca os ótimos e calorosos vocais do artista, resultado num som – e numa vibe – única. Ouça:

“Saudade” de Bruna Morganti, para fãs de pop nacional

Com um som bastante leve, descontraído e bem brasileiro, a cantora Bruna Morganti apresenta ao mundo “Saudade“, canção em parceria com o cantor Gabriel Gonti, que promete ser o hino da paixão de verão. A canção une elementos bastante carismáticos do pop, mpb, samba e música tradicional brasileira para contar histórias de corações partidos, mas conquista pela simplicidade, leveza, beleza, além das vozes. Ouça:

“RODAR” de O Samuel, para fãs de indie rock nacional

Quem disse que o Brasil não tem rock indie de qualidade? O Samuel apresenta um som completo, carismático e profissional em “RODAR“, canção que une sintetizadores, baterias e riffs bem trabalhados para reverenciar o melhor do rock alternativo internacional. O resultado é uma canção autêntica, cheia de potencial, que promete ser a trilha sonora das suas noites confusas e melancólicas pela cidade. Não deixe de mergulhar neste som:

“Just for you” de BSK, para fãs de rap

O rapper britânico BSK une diversos elementos criativos, inclusive do samba, para criar um som autêntico, carismático e agradável na romântica “Just for you“. A canção une ótimos versos e vocais de rap que vão de encontro com batidas românticas e expressivas, unindo influências do R&B e soul para criar uma atmosfera intensa e sensual. O resultado é um som original e verdadeiramente único. Não deixe de ouvir:

“Cold Morning” de Jake Whiskin, para fãs de pop

Dono de uma voz única e um som imersivo, o britânico Jake Whiskin está de volta, mais honesto e intimista do que nunca, refletindo perdas e momentos difíceis da própria jornada em “Cold Morning“. A canção é uma balada sensível sobre perdas, na qual o artista abre o coração com delicadeza e sua voz é embalada pela delicadeza soturna, melancólica de pianos em um som bastante minimalista. Não deixe de ouvir:

“I Ain’t Got No Time” de Samer Ghrawi, para fãs de pop

Dono de uma voz descontraída, leve e bastante única, o cantor americano Samer Ghrawi une elementos do jazz, R&B, gospel e pop arábico para construir uma identidade única, e um som pra lá de autêntico em “I Ain’t Got No Time“. O resultado é um som leve, sensual e contagiante que une perfeitamente os vocais do artista com a leveza e originalidade dos instrumentais que compõem a canção. Não deixe de ouvir, dançar e se apaixonar:

“Tempo Perdido” de Tony Rocha, para fãs de rock

O brasileiro Tony Rocha resgata o melhor do rock/pop punk nacional na energética e intensa “Tempo Perdido“, canção intensa, cheia de riffs e vocais furiosos, que que remete bastante ao rock nacional que se popularizou ao longo dos anos 2000, porém com um som bem mais carismático, autêntico e moderno. Não deixe de ouvir:

“Interminável” de Diego Tavares, para fãs de pop

O cantor brasileiro Diego Tavares está de volta, sensível e de peito aberto em “Interminável“, canção que abre seu disco de estreia, “3 invernos“. A canção é uma balada honesta, leve e descontraída que une bastante do folk com elementos bastante orgânicos da música brasileira, criando uma atmosfera cativante, imersiva e envolvente que promete agradar fãs sons “raízes”. O resultado é uma canção romântica e leve que promete te conquistar:

“There’s The Door” de Doug Kistner feat. Bill Champlin, para fãs de pop rock

Para quem busca um som forte, carismático e clássico, Doug Kistner e Bill Champlin entregam um verdadeiro novo hino em “There’s The Door“, canção que une elementos do pop e rock para criar uma atmosfera romântica, sensual e sofisticada que promete fisgar os corações apaixonados e confusos. A fusão de diferentes instrumentos resulta em um som charmoso, dramático e refinado, além de bastante vintage. Não deixe de ouvir:

“Black Smoke” de Eric Arrows, para fãs de folk

Dono de uma voz calorosa e um som intenso, o Eric Arrows cria uma atmosfera intensa e cheia de energia em “Black Smoke“. A canção chama atenção e conquista o ouvinte pela sua simplicidade, mas também se destaca pelo uso de instrumentos leves, orgânicos e descontraídos que contrastam com a suavidade e intensidade dos vocais do cantor. O resultado é um folk intenso que deve embalar suas aventuras. Não deixe de ouvir:

“Chemical Burn” de Low Gear, para fãs de rock

Dono de um som energético e autêntico, Low Gear está de volta com a furiosa “Chemical Burn“, que promete agradar principalmente fãs de rock e metal moderno que buscam um som intenso para embalar sua playlist. A canção une excelentes vocais pesados que vão de encontro com um instrumental igualmente pesado, intenso e completo. O resultado é um som furioso, pesado, e bastante autêntico. Ouça:

“The Other Side” de Krishna Jones, para fãs de rock

Para quem busca o som groovado e descontraído do rock psicodélico, o cantor australiano Krishna Jones entrega isto e muito mais na balada calorosa de “The Other Side“, canção tomada pelo swing de ótimos riffs de guitarra que remetem ao som groovado do funk e do soul para criar uma canção que remete ao clássico, mas se mantém fiel e autêntica, contrastando muito bem com a poderosa voz do artista. Ouça:

Gostou? Nos siga no Spotify e não perca nenhuma novidade e indicação da nossa equipe por lá!

Total
14
Shares
Related Posts