HOT HOT #35: 10 artistas para agitar seu final de semana!

Hot Hot #35

Sexta-feira chegou e os redatores do ROCKNBOLD separaram 10 artistas nesse Hot Hot #35 para agradar fãs de diferentes gêneros!

“Space Punk” de HWDU, para fãs de punk rock

Com um estilo irreverente, linhas retas e vocais estridentes e compartilhados, os britânicos do HWDU fazem um punk rock bem interessante. Um pouco fora do convencional, mas respeitando as métricas do estilo, a track “Space Punk” carrega traços metalizados e bem organizados, apresentando algo novo dentro do subgênero.

 “Orphans” de Densk, para os fãs de rock

Densk compõe para curtas-metragens, web séries e decidiu que era hora de mostrar sua própria identidade, que flutua desde rock dos anos sessenta, electro e pós-punk e encontra muitas inspirações também na sétima arte. O primeiro álbum já está disponível, mas você pode começar a conhecê-lo com “Orphans”

 “Chez-moi” de Grimme, para os fãs de pop

“Chez-moi” faz parte do novo álbum do artista francês Grimme, uma melodia suave e sofisticada embalada por uma voz incrível e doce. As composições do artista vão do pop francês ao folk, muito inspirado em artistas como Bon Iver, Bjork e Peter Von Poehl. O projeto ainda terá um curta-metragem que será lançado em setembro e foi dirigido por Grimme.

“Long Way Out” de Roquemore, para os fãs de indie rock 

Roquemore aparece pela primeira vez nesse Hot Hot #35, mas você precisa conhecer ele! No clipe ele trouxe de forma fantástica a união entre o lúdico e o mundo adulto. O clássico indie rock oferecido em “Long Way Out” cativará os fãs do gênero, com o instrumental grandioso e dramático, batidas bem ritmadas e riffs melódicos que flutuam ao longo de toda a canção de forma deliciosa. Não somente isso, a letra apresenta dúvidas que nos rodeiam, aprisionamento, mas também esperança. 

“The Dance of the Bees” de Paul Thorsen para fãs de alt pop

O artista Paul Thorsen apresenta sua divertida e levemente psicodélica faixa, “The Dance of The Bees”, que convida o ouvinte a dançar em meio aos synths, samples, riffs e vocais arrastados, criando uma vibe experimental, autêntica e extremamente agradável. Para fãs de alt pop, a canção é mais do que uma agradável surpresa.

“Night” de New Bleach para fãs de alt pop

O duo canadense New Bleach está de volta com “Night”, canção que faz parte de seu EP, Impressions! A canção convida o ouvinte a mergulhar pela sonoridade imersiva que une elementos do pop, dream-pop, lo-fi e uma sofisticada aura de R&B. Assim como as demais composições do duo, a canção se mostra intensa, sedutora e misteriosa. Vale a pena dar uma chance! 

“can’t give back your love” de clide para fãs de dream-pop

Nosso já conhecido e amado artista alemão, clide, está de volta novamente com vocais carismáticos e apaixonantes em “can’t give back your love”. Conhecido por suas baladas românticas, imersivas e intensas, clide aposta mais uma vez em sua poderosa voz para criar uma atmosfera intimista que desperta diferentes sentimentos em seu ouvinte. Que tal dançar essa coladinhx com o crush?

“Revolution (Zardonic Remix)” de Blitz Union 

Para amantes de baladas intensas que unem rock e música eletrônica, nossos amados do Blitz Union estão de volta com “Revolution (Zardonic Remix)”, para quem tem sede de headbangs, moshpits, screamos, mas também não dispensa samples intensos e alucinantes de música eletrônica. Blitz Union possui um trabalho imenso e de altíssimo nível que une rock e música eletrônica. Vem ouvir!

It’s Tough” de KingChefs and DragQueens, para os fãs de pop eletrônico

O grupo KingChefs and DragQueens é francês e é composto por atrizes, dançarinas, modelos e maquiadores que seguem sua vida cantando. A letra brinca com o glamour e uma vida extravagante, mas que também é complicada. Para quem adora a disco music dos anos 80, “It’s Tough” tem a medida certa entre o gênero e também com toque mais atual, inspirado principalmente no som das baladas dance dos anos 90 e 2000. 

 “Drive” de Kennedy One, para os fãs de eletrônica

“Drive” é o novo single do produtor de música eletrônica Kennedy One. A faixa é para todos os amantes de trance/house progressivo sobre a energia hipnótica  quando estamos na estrada observando apenas a jornada. A atmosfera criada através das batidas e principalmente com o baixo, faz com que o ouvinte mergulhe suavemente na melodia.

Gostou dos artistas selecionados em nosso Hot Hot #35? Não deixe de seguir nossa playlist no Spotify para continuar ouvindo novos sons!

Total
24
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts