Se você acompanha o ROCKNBOLD há algum tempo, você deve estar cansado de saber que não acreditamos na falácia “o rock está morto”. E para provar nossa crença em nossos valores e a fé de fãs do gênero, separamos cinco bandas que merecem a sua atenção e seus respectivos hits que merecem um espacinho em sua playlist.
Distortion Ride – “Going Down”

O trio francês Distortion Ride traz em suas composições elementos do hard, progressivo e psicodélico em meio à riffs bem orquestrados e executados, a ponto de quase soar como uma banda de cinco ou seis pessoas. Com vocais bastante agressivos, porém melódicos, a banda ainda explora elementos do blues e promete agradar fãs do hard rock até grunge. A banda lançou recentemente seu primeiro álbum “Burning Waves of Silence“, disponível em plataformas digitais, e só precisa de uma chance para conquistar seus ouvidos. Ouça o surpreendente single “Going Down“:

Bridge of Souls – “Jail”

Os também franceses do Bridge of Souls exploram elementos do metal, metal core para criar um som único, poderoso e intenso em “Jail“. O quinteto entrega vocais poderosos em meio ao instrumental bem executado e completo, com riffs pesados e até mesmo sutis elementos eletrônicos que dão um toque moderno à canção. O solo de guitarra consegue ainda ser um destaque a parte. Embora o single seja seu último lançamento, a banda também possui um EP disponível em suas plataformas digitais. Bridge of Souls é uma fortíssima indicação para fãs de Bring Me The Horizon e Linkin Park. Não deixe de ouvir:

Cosmopolis – “The Distances”

O supergrupo Cosmopolis é a prova viva que a música pode conectar almas ao redor do mundo, e é composta por músicos belgas e australianos. Seu último single, “The Distances” traz uma inacreditável progressão acústica que vai da sonoridade tímida e leve até uma sonoridade épica em meio a diferentes camadas de vozes. A canção explora elementos do pop, blues até a chegar no rock em seu ápice com um solo de guitarra de tirar o fôlego, e não esconde a influência de gigantes como Radiohead, David Bowie, Pink Floyd e Joy Division. A banda tem dois outros incríveis singles em suas plataformas digitais e só precisa de uma oportunidade para conquistar com seu impacto:

CORROZION – “Come Back To Life”

A banda francesa Corrozion é outra excelente prova de que o rock e vertentes como metal/industrial estão longe de ser obsoletos. Seus dois únicos singles “Come Back to Life” e “Exil” exploram a sonoridade pesada e agressiva na medida certa, com passagens de vocais melódicos, mas ainda energéticos e poderosos em meio a riffs bem produzidos. Em “Come Back To Life” destaca-se o solo de guitarra tímido, porém intenso, que casa com a intensidade de vocais que se intercalam. A banda entrega muito potencial no na sonoridade mais agressiva e melódica. Vale a pena demais ouvir:

Philby – “Sealed to Me”

Philby é mais uma banda francesa que promete agradar fãs de clássicos. A banda lançou seu primeiro álbum, “Kairos“, em 2019 e não desapontou em uma sonoridade original, que explora bastante do do garage rock e grunge. A canção que abre o álbum, “Sealead to Me” tem um “quê” em riffs que lembra composições do Red Hot Chili Peppers, mas é possível achar influências de Led Zeppelin e Neil Young entre suas canções. Riffs mais agressivos, tais como os vocais, também são muito bem trabalhados e orquestrados. O grande destaque fica para o solo de guitarra bastante progressivo, que dá certeza de que os caras sabem o que estão fazendo. Vale a pena ouvir!

Quer conhecer mais sons com a nossa aprovação e curadoria? Siga nossas playlists no Spotify!