Dreamcatcher entrega verão único em “Summer Holiday”

Depois de uma jornada intensa de Dystopia, Dreamcatcher dá uma pausa e entrega uma aparente descontração à narrativa do grupo. De volta com novo EP de verão, “Summer Holiday”, o grupo traz versatilidade à estação favorita da música.
Dreamcatcher Summer Holiday

Faltando pouco mais de um mês para o fim do verão, o k-pop tem aproveitado ao máximo a temporada de bebidas geladas e shortinhos. Apesar de poder se tornar uma temática exaustiva para os fãs da parte do Brasil onde se pode sentir o inverno, de vez em quando surge um lançamento com uma visão refrescante para a estação.

É o caso de Summer Holiday. Ao longo de seus rápidos dezoito minutos, não há dúvidas de que há uma veia veranil no álbum. Desde o título, à composição que cheira a maresia, Dreamcatcher deixa claro o que tinha em mente quando produziu o EP. Ainda assim, a decisão de uma title mais puxada para o conceito de terror, típico do grupo, e com uma versatilidade de ritmos que caem bem para qualquer temporada, o álbum é uma boa trilha sonora para todo o ano.

“Airplane”, uma das b-sides mais marcantes, seria a escolha óbvia como title para um álbum de verão – para outros grupos. A música incorpora bem a diversão e o calor marcantes da estação e apresenta uma nova carta ao baralho do grupo com o bubblegum pop. “O som fresco das ondas/ A música do deslumbrante pôr do sol”, como cantam, é a perfeita representação do verão dos sonhos e o desejo de boa parte da população depois do último ano. Apesar do grande potencial alcançado pela faixa, contudo, num álbum do Dreamcatcher ela é “apenas” uma entre outras cinco b-sides do projeto. 

É “BEcause”, um rock de inspiração de terror, que faz a fachada das férias de verão do grupo. “BEcause” é a marca registrada que não poderia faltar em um álbum do grupo e, como de costume, com bons motivos de assim ser. Com uma guitarra que se destaca e sintetizadores que acrescentam à energia assombrada da faixa, a música apresenta a habilidade única do grupo de trazer um gênero mais pesado na indústria de k-pop sem se tornar um gosto de nicho. A faixa é apoiada pelos elementos antecessores de “Intro”, que encarna bem o estilo “carnival horror” e igualmente traz o som tão original do grupo.

O clipe de “BEcause”, muito inspirado em “Us” (2019), traz a dualidade entre como nos apresentamos à sociedade (com a cor azul) e nosso lado mais sombrio e oculto (vermelho), através da história contada na música sobre um amor obsessivo. Além da inspiração do clássico de terror, o videoclipe conta com referências a outros trabalhos do grupo com a volta do espelho de “GOOD NIGHT” e as máscaras de “BOCA”.

A faixa, contudo, é um stand-out em relação ao restante do álbum. Ao contrário do que espera-se pela title, Summer Holiday pouco soa como um trabalho de um grupo que ficou conhecido pela habilidade de trazer rock ao público de k-pop. Ainda assim, o som eletrônico, outro elemento marcante do grupo, se demonstra continuamente presente na produção. “Whistle” tem inspirações trance e fala sobre as esperanças de tornar um romance de férias em algo mais. Com belas imagens líricas (“Como aquelas ondas bordadas no oceano, whoa-oh/ Beijando calorosamente nos braços do vento frio”) e um som gostoso, a música se torna, por vezes, um tanto repetitiva, mas é, por fim, um dos marcos positivos do álbum.

O mesmo não se pode dizer, contudo, das faixas restantes, “Alldaylong” e “A Heart of Sunflower”. A tomada do grupo em city pop com “Alldaylong” é, sem dúvidas, um elemento gostoso, mas pouco memorável. A faixa é diferente do que as integrantes já apresentaram e entrega as vibes anos 80 obrigatórias no k-pop no último ano, mas é sem graça quando comparada às anteriores. O mesmo acontece com “A Heart of Sunflower”. A música é uma linda balada, com belos vocais e um aumento progressivo dos instrumentos, mas sem muitos twists e nada muito novo no gênero. É uma escolha um pouco decepcionante para finalizar um álbum que até pouco trazia apenas pontos altos. Ainda assim, sucede no objetivo de transmitir a dor do fim de um relacionamento intenso como o demonstrado pelas músicas anteriores e prenunciado na title.

Summer Holiday funciona bem como uma pausa entre a série anterior, concluída em janeiro com Dystopia: Road to Utopia, e o que vier pela frente. O EP também serve o propósito de um álbum de verão e ainda sucede com algumas faixas mais atemporais. Além disso, a versatilidade já habitual do grupo ganha novos níveis neste novo projeto, algo sempre positivo.

Mas essa mesma versatilidade nos obriga a questionar se a marca registrada de Dreamcatcher, aos poucos, se transformará em algo diferente do que é hoje. Talvez para a decepção de alguns, mas para o interesse de outros. O único jeito de descobrir é aguardar pelo que vem a seguir.

8/10

Escute “Summer Holiday” e não deixe de acompanhar mais do conteúdo de k-pop do ROCKNBOLD!

Dreamcatcher Summer Holiday Dreamcatcher Summer Holiday Dreamcatcher Summer Holiday

4/5
Total Score
Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts
Red (Taylor's Version)
Leia mais

Red (Taylor’s Version) transforma um clássico em lenda

Red (Taylor’s Version) redefine o álbum que nomeou Taylor Swift a maior compositora da atualidade e se consolida rapidamente como um clássico. Mais sagaz, honesto e cruel do que o original, lançado em 2012, a versão de 2021 permite a Swift a reescrita de sua história, agora em seus próprios termos.